domingo, 14 de julho de 2013

SEGREDOS DA SABEDORIA


                                         



9.1   A Sabedoria construiu a sua casa sobre sete colunas.

9.2   Mandou matar animais para uma festa, preparou vinho e pôs a mesa.

9.3   Aí mandou as suas empregadas gritarem do lugar mais alto da cidade:

9.4   “Entre, gente tola!” E disse às pessoas sem juízo:

9.5   “Venham, comam a minha comida e bebam o vinho que eu preparei.

9.6   Deixem a companhia dos tolos e vivam. Sigam o caminho do conhecimento.”

9.7   Se você repreender uma pessoa vaidosa, a única coisa que vai conseguir é ser insultado. Se tentar corrigir um homem mau, o que vai conseguir é ser humilhado.

9.8   Nunca repreenda uma pessoa vaidosa; ela o odiará por isso. Mas, se você corrigir uma pessoa sábia, ela o respeitará.

9.9   Qualquer coisa que você ensina a uma pessoa sábia torna-a mais sábia ainda. E tudo o que você diz a uma pessoa direita aumenta a sabedoria dela.

9.10   Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o SENHOR. Se você conhece o Deus Santo, então você tem compreensão das coisas.

9.11   A sabedoria fará com que você viva uma vida mais longa.

9.12   Se você for sábio, o lucro será seu; se zombar de tudo, você mesmo sofrerá as conseqüências.

9.13   A falta de juízo é como uma mulher espalhafatosa, tola e sem-vergonha.

9.14   Ela senta-se à porta da sua casa ou num banco no lugar mais alto da cidade

9.15   e grita aos que passam preocupados com os seus negócios:

9.16   “Entre, gente tola!” E diz às pessoas que não têm juízo:

9.17   “A água roubada é mais gostosa; o pão furtado é mais saboroso.”

9.18   Mas os convidados dela não sabem que aqueles que vão à sua casa morrem e que os que entraram já estão nas profundezas do mundo dos mortos.