segunda-feira, 15 de julho de 2013

A PESSOA PRUDENTE ESCONDE A SUA SABEDORIA


Provérbios-Capítulo 12

 12.1   Aquele que quer aprender gosta que lhe digam quando está errado; só o tolo não gosta de ser corrigido.

12.2   O SENHOR Deus abençoa os bons, mas condena os que planejam o mal.

12.3   Quem pratica a maldade não tem segurança, mas quem é honesto não será abalado.

12.4   A boa esposa é o orgulho do marido, mas a esposa que traz vergonha ao marido é como câncer nos ossos dele.

12.5   Quem é honesto trata todos com sinceridade, mas quem é mau vive enganando os outros.

12.6   As palavras dos maus são uma armadilha mortal, mas as palavras das pessoas corretas salvam os que estão em perigo.

12.7   Os maus serão destruídos e não deixarão descendentes, mas a família do homem correto permanecerá.

12.8   Quem tem compreensão recebe elogios, mas quem tem coração perverso é desprezado.

12.9   É melhor ser uma pessoa comum e trabalhar para viver do que bancar o rico e passar fome.

12.10   Os bons cuidam bem dos seus animais, porém o coração dos maus é cruel.

12.11   Quem cultiva a sua terra tem comida com fartura, mas quem gasta o tempo com coisas sem importância não tem juízo.

12.12   Os perversos querem viver daquilo que os maus conseguem, mas os bons continuam firmes fazendo o bem.

12.13   Os maus são apanhados na armadilha das suas próprias palavras, mas os homens direitos conseguem sair das dificuldades.

12.14   Você será recompensado pelas coisas boas que disser e receberá de volta aquilo que fizer.

12.15   O tolo pensa que sempre está certo, mas os sábios aceitam conselhos.

12.16   Quando o tolo é ofendido, logo todos ficam sabendo, mas quem é prudente faz de conta que não foi insultado.

12.17   Quando a verdade é dita, a justiça é feita; mas a mentira produz a injustiça.

12.18   As palavras do falador ferem como pontas de espada, mas as palavras do sábio podem curar.

12.19   A mentira tem vida curta, mas a verdade vive para sempre.

12.20   Aqueles que planejam o mal acabarão mal, porém os que trabalham para o bem dos outros encontrarão a felicidade.

12.21   Nada de ruim acontece com os homens honestos, porém os maus só encontram dificuldades.

12.22   O SENHOR Deus detesta os mentirosos, porém ama os que dizem a verdade.

12.23   A pessoa prudente esconde a sua sabedoria, mas os tolos anunciam a sua própria ignorância.

12.24   O homem esforçado mandará nos outros, mas o preguiçoso se tornará escravo.

12.25   As preocupações roubam a felicidade da gente, mas as palavras amáveis nos alegram.

12.26   Quem é direito serve de guia para o seu companheiro, porém os maus se perdem pelo caminho.

12.27   O preguiçoso não consegue o que deseja, mas o homem trabalhador ficará rico.


12.28   A honradez é o caminho para a vida, mas a falta de juízo é a estrada para a morte.